Decor – Quartos: Decifra-me ou te decoro

Já está ficando repetitivo que mobiliário custa caro e como no último post levantei a bola para quem tem tudo e só precisava de uma repaginada. Desta vez, vou lembrar de quem não tem muito recursos para comprar móveis.

Estrado pode dispensar até a cabeceira, sem que você deixe de ler
Bem, camas são itens que pesam e, na ponta do lápis, tem uma diferença enorme de você comprar um colchão ao invés do kit completo (armação e colchão). Então, uma das ideias é usar tapetinhos na parte debaixo, e compor bem a parte cabeceira, sejam com fotos ou nichos. Mas, se você não quer dormir tão próximo (a) do chão, a dica barata é estrado de madeira. Aí você escolhe fazer uma ou duas camadas. A colorida fica mais charmosa e se tiver um espacinho para chinelo de pano ou a bandejinha de café da manhã… Arrasa! Utilizar tecidos para substituir cabeceiras. Parece um sonho mesmo, não?

Para armário, Vivs, a fundadora do blog, já deu uma dica de como fazer uma arara com canos, dando um toque com mangueira de luz. Super fofo! Porém, há também ideias das alturas, com ganchos do teto que suportam uma estrutura de correntes ou de roldanas.

Não esqueça de checar as outras dicas, de como organizar bijus, que para o quarto “easy busy” dar super certo!

Anúncios

Um quarto para chamar de seu!

Móveis com cara de casa de vovó ou estilo berçário de recém-nascido já estão te dando nos nervos? Que tal mudar tudo, aproveitando tudo, para ficar… TUDO?

Se tiver um tema que combine com sua personalidade, vai fazer toda diferença na sua vida. E detalhe: Pode custar muito pouco perto do que se gastaria para trocar os itens do seu quarto.
Foi em busca desse resultado que nasceu, no Rio Grande do Sul, o quarto do jovem Yan Barcellos.

A mudança surgiu numa força-tarefa da mãe, avó e tios, dois deles eram primas da mãe, que se uniram e resolveram o up-grade level 3 em uma semana, quando o dono do quarto estava viajando e sem saber como o cantinho dele iria ficar.

O primeiro passo foi atacar a cor do móvel, que era branco com marrom nas laterais. Eu, particularmente, não imagino algo jovial nessa combinação. Porém, foram usadas quatro latas de tinta spray, que custaram R$ 12, cada, e adesivo branco, para evitar “sombras” em tais laterais marrons. Aí, cobriu-se uma área da casa com plástico e capricharam no efeito ébano.

Depois, foi a vez da escravinha, que recebeu um adesivo de piano. Dali, o quarto já ganhou “som” do tema musical, sugerido por Yan, que adora uma música Pop como todo mundo. O custo da transformação da mesa de estudos foi de R$ 120 e o desenho é da designer da família, uma das tias do rei do pedaço, a Fernanda Barcellos.

Aí, a mão prendada da avó do garoto entrou em cena para fazer a roupa de cama e as almofadas imitando vinil. Sorte dele, mas quem não dispõe de um talento assim, vale comprar uma almofada redonda, toda preta e depois costurar ou colar com cola quente o círculo central, imitando o “rótulo” do disco.
O tapete de feltro preto foi customizado para virar um “vinil” e teve custo de R$ 30 nesse esquema “façam vocês mesmas”. O espelho, com uma mangueira de luz no contorno superior, resultou uma composição estilo “camarim”. Já o armário, foi decorado com vinis, comprados por R$ 2 num brechó, e a cortina cinza levemente metalizado com borda vermelha deu o charme na janela (por sinal, para decoração ou roupa, cinza e vermelho foram feitos um para o outro, não acham?).

     

Se não colocássemos a mão na massa, somente para pintar a cômoda sairia uns R$ 500. Fora que a mobilização de pessoas que conhecem o dono do quarto contribui muito para um quarto atender ao sonho dele”, estima a mãe do Yan, a fotógrafa Daniela Barcellos.

Se seu negócio não é muito música, espera aí que temos mais opções “BBB (Boas, bonitas e baratas) para deixar seu quarto a sua cara. Topa algo geek? Então, larga um pouco o vídeo-game e reviva o clássico Donkey Kong. Bom, arrume umas prateleiras e use o spray preto, o mesmo do quarto do Yan de R$ 12 a latinha. Já no tom uniforme, utilize fitas adesivas na hora de pintar o desenho da grade vermelha, posicionando-a paralelamente, para proteger a área que não receberá pintura, evitando borrados na superfície. Agora, hora de colocar na parede e escolher o ângulo de inclinação. Certo, ou você saca de física ou faça testes com objetos como bichos de pelúcia, pulseiras, dentre outros objetos que não quebram. Se não caíram, está pronto. E, nota-se que a parede, ao fundo, em cinza ou preto ajuda a dar forma ao visual.

Efeito Donkey Kong nas prateleiras

É despojado? Pinte móveis de cores vibrantes como amarelo ou de tom neon ou turquesa. Também vale improvisar com caixotes de feiras e até com detalhes zig-zag (faça com ajuda de uma fita crepe, posicionando-a junto à área que será pintada). Nichos também são tendência, que podem ficar mais customizados com forros na parte interna.

 Só não percam o sono, imaginando seu quarto repaginado.

Até mais!

Decor: Organizando Acessórios

Estreio hoje no blog para colocar ordem na casa dos outros, pois da minha ainda apanho! Bom, meu tema será Decoração e Inspiração. E vamos sacudir a poeira, de forma viável, ou seja, sabe aquela bicicleta que é aproveitada como pia do banheiro? Pois é, corta, aqui é vida real.

Eu até gosto de falar separando por estilo, mas num blog de moda, é básico salvar os acessórios do perigo. Sim, pois é um prejuízo de tempo e até material quando aqueles cordões se embolam numa gaveta e qualquer puxão em falso, vai miçanga até no vizinho, né?.  Então vamos começar com a “nossa corda no pescoço”.

Gavetas: Que tal pegar gavetas ou porta-talheres para darem conta do recado?, não irá só ao conservá-los melhor, como também facilitando sua visão e organização inclusive quando você tentar bancar o papa-léguas. Tem uns de plástico, baratinhos, com direito à tampa transparente, para proteger de poeira. Na vertical, fica a dica para utilizar a parede atrás da porta ou uma outra ociosa, caso seu quarto não seja já muito cheio de objetos. Ah, perto do espelho, acredito que seja melhor.

Xícaras, pires e bowls são outras boas pedidas para prateleiras e gavetas. Aí, a recomendação fica para relógio, pulseiras, brincos e anéis. Eu fiz com um relógio e a porcelana protege, por exemplo, de que eu puxe algo e o relógio venha camicaze ao chão. O bowl de mingau, que meu marido usava quando criança, agora é uma banheira da minha mascote Mandy, personagem da Cartoon, e das pulseiras, só que não. Bom, eu guardo é batom, para não rolar e quebrar! Mas, esse é outro tema!

Forminha de Gelo: Sentiu calafrios agora? Que nada! Para brincos, é super importante que cada um esteja no seu quadrado e tem coisa mais cúbica do que as forminhas? Eu também uso caixa de brigadeiros, pois fica tudo separadinho. Quanto mais fácil você achar, mais rápido irá se arrumar e sua cabeça pensa em outras coisas enquanto se apronta!

Enquadramento: Quadros de cortiças ou feitos de rolha de vinho também criam um visual sua bacana para estocar seus acessórios. Assim, como a chapa metálica com furos (eucatex) ou coloque uma moldura com varal simples de renda ou de cordinha mesmo.

Em lares que costumam ter muita poeira, por em rua movimentada ou em área industrial, é bom preferir guardar as bijoux não muito usadas em locais como armários e gavetas. Eu fiz uma “hipotenusa fashion”  num espaço ocioso do armário com madeira. Pode também ser feitas com renda ou barbante e prego, para ficar mais  fácil. Só catar um ângulo de 90 graus e pendurar  cordões ou pulseiras.

Viram como é fácil montar esses tipos de decorações para organizar acessórios?. Que tal fazer um deles e enviar fotos para nós?.

Decorated: Trocando o guarda-roupa por Araras

Ter uma arara dentro do seu quarto é uma das coisas mais legais do mundo. Confesso que antigamente não era tão comum você ter uma arara dentro do seu quarto, mas hoje em dia vocês podem dar adeus ao seu guarda-roupinha sem graça e modernizando seu quarto com uma arara, até porque ninguém merece arrumar o guarda-roupa e depois de cinco minutos ele ficar justamente como estava, uma bagunça.

Ter seu cantinho do jeito que sempre sonhou é nossa prioridade desde criança, afinal nosso quarto é o nosso refúgio e é o lugar em que passamos a maior parte de nossas vidas, então nada mais justo do que deixa-lo a nossa cara. Sei o quanto é chato se arrumar e ser organizada ao mesmo tempo, e ter que ouvir sua mãe gritar todo dia por conta da desorganização com a roupa não é fácil.
Garanto que depois desse post você vai querer pra ontem ou irá por em seus planos aposentar seu guarda-roupa e dar um up no seu quarto com araras.

Do decor ao DIY. Se você esta disposta a dar um fim no seu quarto bagunçado e no guarda-roupa ocupando espaço, vamos pular para as araras que valem muito mais a pena (experiencia própria).
Você pode comprar a arara pronta ou você pode fazer a sua, se você optar em fazer a sua arara em casa você vai precisar de materiais como:

♥ Uma tábua para fazer a base.
♥ Duas franges.
♥ Hastes de ferro com rosca nas pontas
♥ Dois “cotovelos” com roscas (para fazer as quinas da arara).
♥ Tinta para o cano.
♥ Quatro rodinhas para por embaixo da base.
E mãos a obra.


fonte: Casa coisa e tal