Nosso primeiro mês (juntos)

Como os dias se passaram rápidos. Parece que foi ontem que te abracei, te desejei “Feliz ano novo” e nos beijamos. Conheci você através de uma foto em uma rede social qualquer de um amigo que não convém falar o nome, não soube de muitas coisas relacionadas a você, apenas sabia o seu nome e aonde morava. Em uma noite de calor nos esbarramos em uma festa, nos cumprimentamos e por alguns minutos ficamos nos olhando em silêncio, apenas o barulho da música alta em nossos ouvidos. Dançamos juntos, tivemos uma conversa de no máximo 15 minutos e nunca te confessei que estava tímida com sua presença. Depois daquela noite passamos a nos falar com mais frequência e minha certeza de que você era uma boa pessoa só crescia, só aumentava. Com o tempo você foi me conquistando como amigo, como pessoa. Éramos tão parecidos, descobrimos tantas coisas em comum que isso me assustou de inicio e vira e meche me assusta até hoje. Nunca tinha te imaginado como um possível amor ou como uma possível paixão, o que crescia dentro de mim era apenas um sentimento de amiga.

Talvez o mundo/Deus tenha decidido nos pregar uma peça e começou a nos surpreender  sem eu ao menos criar qualquer expectativa ao seu respeito. 30/12/2012 te encontrei, fui pra sua casa se reunir com outros amigos e decidi o que faríamos no réveillon, não sei, mas alguma coisa falava no meu coração que você seria a pessoa responsável pela minha felicidade na noite do dia 31, até que você se sentou no sofá e espontaneamente sorriu, um único sorriso foi o bastante pra mexer comigo, mexer com meu coração. E dali em diante você tinha se tornado o cara dos meus sonhos. Fiquei horas colocando na minha cabeça que você não era o cara certo pra mim, que eramos literalmente diferentes e entre tantos gostos e atitudes parecidas, você tinha uma unica opção que seria o suficiente para convencer meu coração que deveríamos ser amigos, apenas amigos. Minha tentativa de te enxergar apenas como amigo não deu certo, logo estávamos em uma viagem, planejando nosso final de ano perfeito e dando algumas risadas. Naquele dia meu dia se resumiu em desejo, vontade, saudade de algo que nunca me pertenceu e na minha noite só acrescentei alguns petiscos deliciosos que sua mãe ”fez” pois o desejo, a vontade ainda continuava em mim.

A noite chegou, nos arrumamos e fomos para areia da praia receber o ano de 2013, você me protegeu, segurou minha mão e me fez sentir um pouco segura. E aos poucos naquela noite eu percebi o quanto você e aquele momento estava sendo especial. Passamos por momentos incríveis um do lado do outro. Mesmo eu achando que não estava sendo especial pra você eu não conseguia parar de me sentir completa. Lembro que nos beijamos quando no relógio marcou 00:00, lembro que nos olhamos e ouvi você falando coisas bonitas no meu ouvido.

Ah! eu sinto saudades de você mesmo estando do seu lado, e sou capaz de todos os dias achar incrível o rumo que o mundo esta nos levando. Você sempre diz que sentiu algo diferente por mim na primeira vez que nos beijamos e eu sempre dou uma risada tímida diante disso.

E agora estamos aqui, vivendo o hoje, não nos preocupando com o amanhã, vivendo juntos nosso primeiro mês. A vida é irônica, somos tão diferentes e tão iguais ao mesmo tempo e só por esse fato me faz te amar ainda mais. Amar cada momento, amar cada instante do seu lado, amar você como meu amigo, amar você como meu namorado, amar ao ponto de não se importar com as críticas, amar, amar e amar. Obrigado por me proporcionar 31 dias de felicidades e sorrisos bobos de uma mulher com a essência de uma menina de 15 anos vivendo um de seus momentos felizes depois de sua festa de 15 anos.

assinatura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s